quinta-feira, 10 de abril de 2008

10/04/2008 – Farol da Barra

Mergulho marcado em cima da hora ... umas 15:30h chegamos no Farol da Barra e logo caímos na água, a maré enchendo e a água estava bem clara, não estava nem quente e nem fria, perfeita ... o céu sem nuvens ... tudo para um bom mergulho.

Ainda no raso, com água nos joelhos observamos alguns filhotes de baiacu-de-espinho (Chilomycterus antillarum) (Fotos 2 e 3) que não passavam dos 2 cm de comprimento nadando na superfície, tentei fazer algumas fotos, mas os bichinhos não paravam quietos e com o problema do LCD não consegui muitas fotos boas das muitas que tirei deles ... seguimos para o costão do Farol da Barra e no caminho um cardume de lulas (Sepioteuthis sepioidea) (Fotos 1, 4, 5 e 6), quando seguimos para o navio observamos três pequenos cachimbaus (Fistularia tabacaria) (Foto 7) com no máximo 10 cm de comprimento que tentavam se camuflar entre algas que flutuavam a meia água. A caminho para o naufrágio ainda passei por diversos peixes entre eles o budião (Sparisoma cf. radians) que tentei de toda forma fotografar mas ele não deixava, no caminho também fotografei uma estrela-do-mar (Linckia guildingii) (Foto 8) amarela. Chegamos nos destroços do Maraldi (Foto 9) à direita da caldeira e por lá muitas marias-pretas (Stegastes fuscus) e sargentinhos (Abudefduf saxatilis) onde as marias-pretas investiam contra os ovos do sargentinho nos destroços do navio e este agoniado batia nas marias-pretas ... além deles muitos barbeiros (Acanthurus sp.), muitos Haemuidae, Pempheres schomburgkii (Foto 10), rufus (Bodianus rufus), borboletas (Chaetodon striatus), Chromis sp., Synodus sp., budiõezinhos (Halichoeres brasiliensis) (Foto 11), budiões (Sparisoma frondosum), entre outros. Retornando para o raso vi alguns cardumes de pequenos Carangidae, entre eles um pequeno cardume de Caranx ruber (Foto 12). No finalzinho do mergulho, quando já estava saindo, nadando em direção a praia percebi um movimento do meu lado direito, par aminha surpresa foi a “Gertrudes”, tartaruga-verde (Chelonia mydas) (Foto 13) que habita esse enseada, reconheci por suas inúmeras verrugas, porém quando a vi a máquina estava desligada e eu não havia percebido uma vez que a minha máquina está com o LCD queimado e quando percebi foi tarde, o máximo que consegui foi uma sombra dela lá longe, imagem que tratei da melhor forma que pude no Photoshop para disponibilizar aqui (Foto 13).

Estava comigo neste mergulho o Billy.

4 comentários:

Gonzalo Abio disse...

Olá, Rodrigo,
São fascinantes suas fotos e descrições destes últimos mergulhos. Parece que estamos na água com você.
Espero algum dia poder ter essa experiência "em vivo".
Abraços,
Gonzalo

Anônimo disse...

Caro Rodrigo,

Parabéns pelas fotos.
Também gosto muito de mergulhar, costumo mergulhar com alguns amigos no porto da barra.
Quando quiser mais companhia me avise, ou ainda podemos marcar um Clean up day, o porto está precisando.
Abraço e águas claras.
Thiago (degran@ig.com.br)

Pivni disse...

Gonzalo,
Quando quiser meu caro, é só marcarmos ... ou aqui, ou ai, ou em Recife!!!
Grande abraço!!!

Pivni disse...

Thiago,
E-mail anotado!!!
Se quiser anotar o meu também fique a vontade: maianogueira@gmail.com !!!!